Conheça nosso novo projeto: A VOZ SUPREMA DO SAMBA É A LIBERDADE

O selo independente, MUNDODETEMPO, de música autoral, apresenta seu novo projeto: A VOZ SUPREMA DO SAMBA É A LIBERDADE, álbum de música autoral, que, interpretado por artistas negras e LGBTQIA+, busca contribuir com ações afirmativas acerca da cena cultural negra no Brasil, para reforçar seu lugar de protagonismo e inspirar os que lutam, sobretudo, contra o preconceito de raça e gênero. Nesse propósito, o samba – para além de sua notória importância cultural e musical - foi escolhido como referencial sonoro e rítmico desse trabalho, já que também foi forjado na resistência contra a intolerância racial e cultural. E por ter nascido, também, na diversidade, o samba, aqui, dialoga com outras sonoridades, outros ritmos contemporâneos e/ou atemporais, tematizando a multiplicidade cultural e as mazelas sofridas pelas minorias sociais, principalmente pelas mulheres negras e a comunidade LGBTQIA+. O álbum, que tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2022, será o resultado de seis músicas, lançadas ao longo desse tempo, em formato de single, acompanhadas de clipes.

“A NOSSA DOR”, primeiro single inédito do álbum, já lançado em agosto de 2021, que também conta com um clipe, juntando o samba-choro com o rap, tematiza o entrelaçamento do sofrimento pessoal com o coletivo e as dissonâncias e incoerências de um tempo onde a distopia virou crônica moderna e não se sabe mais onde está a razão. A música é interpretada pela cantora GLAU BARROS, tendo como convidadas os grupos 50 Tons de Pretas, Choro das Gurias e, especialmente, a cantora rapper Negra Jaque. Por fim, “A Nossa Dor” ilustra bem a intenção maior desse projeto que é de reafirmar a diversidade de gênero, artística e cultural, principalmente, em oposição à intolerância, à falta de empatia.